11 de outubro de 2009

Despedida

Poetas participantes:

1- Borbollettah Sandra Regina
2- Maria Thereza Neves
3- Clara da Costa
4- Isabel Passos
5- Giovânia Correia
6- Heloisa Abrahão
7- Ana luiza
8- Marcial Salaverry
9- José Ernesto Ferraresso
10- Neide S. Oliveira
11- Edson Contar
12- Eri Paiva
13- JANINHAMELL
14- Ervin Figueiredo
15- Beki Bassan
16- Zenaide Giovinazzo
17- Paulo Fernando
18- Jane Freitas
19- André Zanarella
20- Maria José Zovico ZEZÉ
21- Rute Seubert
22- Antonio Cícero da Silva
23- Augusta Melo
24- ezingra
25- Heliomar
26- Maria José Zovico ZEZÉ
27- Eliete A. S. Bezerra
28- Elizabeth Misciasci
29- Roze Alves
30- Neusa Marilda
31- Iza Mota
32- Antonio Israel Bruno
33- NYL GAR
34- Cibele
35- Arlete Cruz Araújo
36- Gildina Roriz
37- faffi
38- Maria Beatriz Silva
39- Octacila
40- Neide S.Oliveira

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

1- DESPEDIDA
Borbollettah Sandra Regina

Não entendo porque você não abre o jogo.
Será que você pensa que não é uma saída?
Não quero ver você sofrer de novo
e não acredito nessa despedida...

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

2- DESPEDIDA
Maria Thereza Neves

Triste foi o adeus
Ficou a saudade
Dos carinhos teus
Na azul eternidade.

18/08/09

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

3- DESPEDIDA
Clara da Costa

Um dia um adeus, uma despedida,
sem olhar prá trás...
Hoje, uma saudade entristecida,
sem chance de se voltar atrás...

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

4- DESPEDIDA
Isabel Passos

Não entendo essa despedida,
nem imagino o que se passa...
Sem ti em minha vida
tudo fica sem graça...

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

5- Despedida
Giovânia Correia

E chegou o momento.
Que dilacerou minha vida.
Naquele olhar um tormento.
Era a nossa despedida.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

6- Despedida

Não, não venha de novo com essa ladainha.
Eu não acredito, não sei o que aconteceu.
Você sempre me disse que sou a tua rainha.
Desta vez não tem tempo, é despedida, entendeu?

Heloisa Abrahão
SC-18/08/09

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

7- DESPEDIDA
Ana luiza (coisas de Ana)

Os seres que amamos, quando se vão
Deixam em nós a ilusão da despedida
Mesmo sabendo que nunca voltarão
Ao recordarmos perpetuamos suas vidas!

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

8- ADEUS AMOR
Marcial Salaverry

Não se chora ao findar um amor,
e acontece a despedida...
Fica no coração o calor
daquele amor por toda a vida...

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

9- DESPEDIDA
José Ernesto Ferraresso

É dor e sofrimento quando isto acontece,
machuca qualquer ser humano,
e ninguém consegue evitar,
quando este momento chegar.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

10- Saí de casa apressada
Marquei o encontro para a partida,
Mil coisas imaginava empolgada.
Mas não sabia que era uma despedida.

Neide S. Oliveira

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

11- Despedida...

Dói menos, no agora a despedida,
Que adiarmos para amanhã o sofrimento
Melhor sofrermos por um minuto na vida,
Que sermos presas de um doloroso tormento.

Edson Contar

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

12- DESPEDIDA
Eri Paiva

Quando disseste adeus,
Acreditar eu não quis...
Mas, uma lágrima correu,
Tristonha, muito infeliz...

Em 18.08.2009

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

13- DESPEDIDA

Sem saber que um certo dia
Me encontraria sem saída
Acostumei meu corpo com o seu
Sem pensar em despedida

JANINHAMELL

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

14- DESPEDIDA

Te amo, é só o que me interessa,
E te amarei por toda esta vida,
Vamos devagar, não tenho pressa,
Nós não conheceremos despedida!

Ervin Figueiredo
19/ ago/ 2009
Americana/ SP

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

15- DESPEDIDA
Beki Bassan

Prefiro a palavra corte,
ao invés de usar despedida,
que considero muito forte,
e me deixa sem saída.

19.08.09

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

16- DESPEDIDA
Zenaide Giovinazzo

Quando o amor termina
a despedida acontece,
e mesmo que por algum tempo
a alegria fenece...

SP/19/08/09

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

17- DESPEDIDA
Paulo Fernando

Na tua partida te fiz uma promessa
e com tua pressa, não a quis escutar
te prometi que não importava o tempo
sob chuva, sol e vento eu ia te esperar.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

18- Despedida

Não existe dor mais doida
Do que a dor da despedida
Ganhamos risos na chegada,
Deixamos lagrimas na saida.

Jane Freitas

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

19- DESPEDIDA

O vento e ar parou
Você se foi e é cinema
Tudo entre nos acabou
Da despedida faço o poema

André Zanarella

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

20- DESPEDIDA

Tomo-te as mãos, em delírio,
Na hora da despedida...
Pois, adivinho o martírio,
Que vira com a tua partida!...

Maria José Zovico ZEZÉ

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

21- DESPEDIDA
Rute Seubert

Nunca imaginei ter despedida em minha vida.
Jamais havia sentido solidão.
Será que encontrarei uma saida?
preciso acalentar meu coração.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

22- DESPEDIDA?
Antonio Cícero da Silva

Não compreendo o seu modo de agir
E não desejo uma horrenda despedida
Porque se assim você persistir
A minha alma ficará entristecida.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

23- DESPEDIDA
Augusta Melo

Despedidas são minha fraqueza.
Quando se vai se leva esperança
Quando se fica se guarda tristeza
Esperamos quem chega com alegria criança.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

24- DESPEDIDA!

Quando a noite desce
na despedida do azul celeste
no doce enlevo vou contar estrelas
esquecer as magoas e também tristezas!

ezingra

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

25- DESPEDIDA

Adeus, estou partindo
Você fixa em mim o seu olhar
De repente, corre sorrindo
Me abraça, me beija e diz me amar

Heliomar

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

26- DESPEDIDA

Ao acenar-me na despedida,
Teu lenço branco de adeus...
Sei... Voltarás sem guarida,
Repousar nos braços meus!...

Maria José Zovico ZEZÉ

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

27- DESPEDIDA
Eliete A. S. Bezerra - Eliestrel@*

Despedida, sinônimo de partida...
E quem vai deixa a saudade de tristezas ou alegrias;
Apertando o coração de quem fica...
Mas pode ser o sorriso em novas vindas.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

28- Despedida
Elizabeth Misciasci

Vem me dar a despedida
com ela meu último beijo
de uma paixão incontida
recheada de desejo.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

29- Despedida

Depois da conturbada briga, fiquei sentida
Não precisavas tão vilmente me dispensar
Gritaste, apontou-me a porta, sem despedida
És mesmo um ingrato, não deveria tanto te amar.

Roze Alves
RJ: 10/09/2009

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

30- Choram meus olhos na despedida
nesse mar de lágrimas que me toma
foi-se o amor que alegrava a vida
ficou a saudade que o peito inflama

Neusa Marilda (lavienrose)

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

31- Despedida
Iza Mota

Por ti abri mão dos sonhos meus
não quero mais, a eles, dizer adeus.
Não duvide meu amor, estou decidida
chegou a hora da nossa despedida.

Recife-PE

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

32- Despedida

Sinto-me na melancolia e das intenções
Por perto de ti estar pelo amor que lhe tenho;
Na despedida, minha alma sem realizações,
Despedido sem queixumes, pesado meu lenho!

Antonio Israel Bruno
Barrinha 27 de setembro de 2009 18:20 h

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

33- DESPEDIDA

Depois do último beijo...
Ficou o sabor do adeus!
Saudades dos teus carinhos...
Faz parte do sonhos meus!

*NYL GAR*
27/09/2009
18:24 h

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

34- Despedida
Cibele

Na hora da partida
não esperou por mim.
Não houve despedida,
tudo acabou... e fim.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

35- Despedida

Andei pensando, meu amor em despedida...
Será melhor pra mim do que sofrer depois.
Se pra tudo tem conserto nesta vida
Para esquecer-te haverá também... Ora, pois!

Arlete Cruz Araújo

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

36- Despedida?
Gildina Roriz

Estas partindo, amor?
Vê se vais, dessa vez, sem despedidas!
Essa cena é hilária e indolor
Me cansei de suas vindas e idas.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

37- Despedida
faffi

Amanhã não vou abrir as janelas.
Não quero te ver partindo
e nem ficar te acenando.
Não insista, detesto despedidas.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

38- DESPEDIDA
Flor de Esperança (Maria Beatriz Silva)

Deixando-me desprovida
ferindo meu coração
sem nem se quer despedida,
me deixando a solidão.

Laje do Muriaé - RJ
28/09/2009

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

39- Despedida

Eu não podia imaginar
A dor de uma partida
E agora a soluçar vejo que,
Só nos resta a despedida

Octacila
28-09

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

40- DESPEDIDA
Neide S.Oliveira

Fiquei muito triste com o coração a sangrar,
Quando vi você ir com aquela despedida.
Agora minha esperança é vê-lo voltar,
Para outra vez desfrutar, os encantos da vida.

ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ ઇ‍ઉ

Nenhum comentário:

ઇ‍ઉ Vôos ઇ‍ઉ da ઇ‍ઉ Borbollettah ઇ‍ઉ
ઇ‍ઉ Borboletas ઇ‍ઉ

Aos casais... Ante a espessa ramaria
verde, e rendada ao sol deste verão
livres, felizes, cheias de alegria,
as borboletas pelos céus se vão...

Despreocupadas... Pela floração
se perdem, numa inquieta correria...
Onde foram? E em que lugar estão?
Já não se vê o olhar que as perseguia...

Mas, de repente, voltam pelo espaço,
trêmulas e amorosas de cansaço,
asas roxas e azuis ou violetas...

E invejoso pensei, vendo-as pelo ar:
quem me dera nascer, viver e amar,
como aqueles casais de borboletas!

(J.G.de Araujo Jorge)