27 de março de 2009

Limites

Poetas participantes:

1- Borbollettah Sandra Regina
2- Maria Thereza Neves
3- Ruth Gentil Sivieri
4- Isabel Passos
5- E Zingra
6- Naidaterra
7- Carlos Riesemberg
8- Candy Borges
9- Ilze Soares
10- Giovânia Correia
11- José de Freitas Filho
12- Riberto
13- André Z
14- Paulo Fernando
15- Socorro Lima Dantas
16-Clara da Costa
17- Zenaide Giovinazzo
18- Beki Bassan
19- Maria Regina Moura Ribeiro
20- Muriel E T N Pokk
21- Mikas
22- Eri Paiva
23- Marcial Salaverry
24- Augusta Melo
25- Iza

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

1- LIMITES

Você vive brigando sem saber
se está ou não com razão.
É porque talvez queira conhecer
os limites do meu coração.

Borbollettah Sandra Regina

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

2- LIMITES

Não há limites
para o coração
nem longas pontes
para uma paixão.

Maria Thereza Neves

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

3- LIMITES
Ruth Gentil Sivieri

O nosso limite começa
Onde termina o de alguém
Senão a gente tropeça
E faz de outrem, refém.

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

4- LIMITES
Isabel Passos

Pensei sempre que voltavas,
esperei-te até desesperar...
A paciência tem limites.
De mim não vais mais abusar...

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

5- Limites

Apos brigas e desacertos
novas esperanças, novos alentos
vou contando estrelas
firmando pensamentos

E Zingra

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

6- LIMITES

Tentei voltar para os teus braços,
ofereci meus beijos e meu coração,
nem mesmo ouviu os meus passos
arrastados de tanta emoção...

Naidaterra

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

7- Agora que a distância é grande,
Nada mais me resta senão ver
A luz do teu olhar que abrange
Todo meu coração, todo meu ser

Carlos Riesemberg

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

8- Paixão, êxtase de minha alma
suscita-me sentimentos enraizados
adentra pela noite... Perturba-me a calma
transpondo os limites desse meu coração apaixonado.

Candy Borges

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

9- Meu amor não tem limite,
entrego-me inteira!
Forte como dinamite,
dura a vida inteira.

Ilze Soares

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

10- Limites
Giovânia Correia

Você colocou limites em nossa relação.
E a mesma não conseguiu sobreviver.
Para amar temos que deixar livre o coração.
Pois ele sabe o que deve fazer.

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

11- Limites

Sinto que sou um pouco nostalgico.
Pareço dialogar com o invisivel
Não me deixo levar por algo magico.
Pareço fraco, sou forte indivisivel.

José de Freitas Filho

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

12- Chegou ao limite da insensatez,
Brindou, caido no chão frio,
ao imaginavel amigo da embriaguez,
que sorriu-lhe, renovando o seu brio.

Riberto

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

13- LIMITES

Os meus limites quero ver
Desbravar minha mente
Descobrir o que ela sente
E um dia descobrir o meu poder

André Z

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

14- Verás que ao se apaixonar
todas as barreiras cairão
pois não há barreiras prá quem se deixa amar
não há limites para o coração

Paulo Fernando

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

15- LIMITES AO MEU CORAÇÃO

Eu não sei porque,
você consegue agarrar o meu coração
com força, impondo limites,
como se o teu, fosse para o meu uma ilusão...

Socorro Lima Dantas
Recife/PE
04/02/2009

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

16- LIMITES
Clara da Costa

Mais doloroso do que sentir saudade,
são as palavras desconexas, vazias,
sem nexo que você com maldade
e sem limites, me envias...

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

17- SEM LIMITES
Zenaide Giovinazzo

Seu beijo com gosto de pitanga
me deixa arisca e misteriosa,
penso no prazer que ele me traz
e vejo a vida cor-de-rosa.

SP/ 10/02/09

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

18- LIMITES

Aprendi com a vida
Que temos que dar limites.
Que um ponto é essencial
se queremos ajudar ao próximo.

Beki Bassan

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

19- LIMITES
Maria Regina Moura Ribeiro
SPaulo, 19 de fevereiro de 2009

Quando criança tudo era limitado:
as alegrias e até as brincadeiras.
Agora, sou dona de mim mesma
e chega de tantas regras.

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

20- Limites

Nosso amor é sem limites,
Nossos sonhos vão muito além,
Tu a mim tudo permites.
A ti tudo permito também.

Muriel E T N Pokk
Reg. Em cartório

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

21- Amar e não ser amada
é como viver abandonada.
Não vou mais falar de amor
Prefiro amar calada...

Mikas

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

22- LIMITES
Eri Paiva

Se nutres uma grande afeição
Que não te imponhas limites.
Siga à frente! Pois se insistes
Talvez faças feliz um coração.

Em 22.03.2009

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

23- ESSA CHAMA QUE ME CHAMA
Marcial Salaverry

Essa é a linda chama,
que minha chama vai atear...
E para o amor me chama,
sem limites para amar...

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

24- Limites

Limites bem se diz
são para aprender a viver.
Se quero ser feliz
limites terei que ter.

Augusta Melo

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

25- LIMITES

Lapso no tempo,
brechas para o inusitado
Que mais posso querer, senão quebrar as regras?
Sou inteira, sou tudo... liberta... ao seu lado.

Iza

ઇઉ ઇઉ ઇઉ

Um comentário:

Anônimo disse...

Sandrinha, estou dando um vôo meio rasante por aqui e muito feliz por ter participado de quase todas as suas cirandas. Para mim é um prazer enorme, minha linda!
Obrigada por hospedar nossa roda imensa em seu lindo site.
Beijos
Ruth Gentil Sivieri

ઇ‍ઉ Vôos ઇ‍ઉ da ઇ‍ઉ Borbollettah ઇ‍ઉ
ઇ‍ઉ Borboletas ઇ‍ઉ

Aos casais... Ante a espessa ramaria
verde, e rendada ao sol deste verão
livres, felizes, cheias de alegria,
as borboletas pelos céus se vão...

Despreocupadas... Pela floração
se perdem, numa inquieta correria...
Onde foram? E em que lugar estão?
Já não se vê o olhar que as perseguia...

Mas, de repente, voltam pelo espaço,
trêmulas e amorosas de cansaço,
asas roxas e azuis ou violetas...

E invejoso pensei, vendo-as pelo ar:
quem me dera nascer, viver e amar,
como aqueles casais de borboletas!

(J.G.de Araujo Jorge)